ENERGIA SOLAR FOTOVOLTAICA - Sistemas Autónomos

Sistemas fotovoltaicos autónomos ou off-grid são sistemas independentes da rede que convertem a radiação solar em energia eléctrica. Em sistemas autónomos é frequente a utilização de baterias como forma de armazenamento. São sistemas largamente utilizados em locais remotos onde a rede eléctrica não está disponível, ou onde os custos de instalação da mesma são muito elevados, ou simplesmente pelo desejo de ser independente.

Exemplos de sistemas fotovoltaicos autónomos podem ser encontrados em casas de campo, autocaravanas, barcos, telefones de emergência, sinais luminosos, etc.

Com um conceito diferente de um sistema de ligação à rede de micro/mini geração, um sistema fotovoltaico autónomo necessita que todos os componentes sejam interligados de forma a captar, converter, armazenar e entregar a energia eléctrica necessária para satisfazer os consumos. Para que isso aconteça, todos os componentes devem ser dimensionados de acordo com as suas necessidades, tendo em conta as condicionantes ambientais do local. Quer saber mais? Fale connosco.

       Vantagens:

  • Utiliza fonte de energia gratuita e inesgotável;
  • Sistema de geração de energia não poluente e não ruidoso;
  • Onde quer que o sol chegue, é possível gerar energia eléctrica com este tipo de sistema. Pode ser instalado num telhado, num barco, numa autocaravana, etc;
  • O ciclo de vida de um sistema autónomo é bastante longo (entre 20 a 25 anos);
  • Os custos operacionais são mínimos uma vez que o sistema é completamente automático e não necessita de intervenção humana.
  • Portugal é um dos países com maior disponibilidade de radiação solar na Europa com uma média anual entre 2500 a 3200 horas.

      Desvantagens:

  • Em situações que o consumo de energia eléctrica seja superior ao produzido (muitos dias nublados consecutivos, por exemplo) é necessário uma fonte de energia de apoio;
  • Disponibilidade de capital para o investimento inicial, que pode ser elevado.